Flavia Angelini...

Meu Mundo...  Meu Ser...

Textos


Sei que te amarei
porque sei que viverei
entre flores e espinhos
entre sóis e luas
entre as pedras do caminho
entre as curvas da pele salgada…
Sei que te amarei
pelo sorriso do amanhecer
pela água que mata a sede
pela fome que sinto de ti
o pão que alimenta o meu corpo
e serei feliz porque sei…
Sei que te amarei
e irei apregoar ao vento
ou as algas do mar
à andar em pés descalços
ou em simples trapos
e aos caminhos que passar
direi do amor por ti
dos espinhos ou das flores
como se a noite
despisse o rosto do beijo
em delicado perfume quente
em sonhos e anseios sem curas
minha vida sempre tua…
Sei que te amarei
pois que és feito de cravos
um homem silvestre
perfumado em buquês
fascinado pelo amor
em adorável inocência
amável lutador!

Eternamente… Sei que te amarei!

Flávia Angelini 
 
Flávia Angelini
Enviado por Flávia Angelini em 24/04/2012
Alterado em 28/05/2015
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras