Flavia Angelini...

Meu Mundo...  Meu Ser...

Textos



Felino...

Indiferença
constância entre o silêncio e o perigo
mistério
entre a filosofia e a crença
orgulho adquirido
um rei com rima sinistra
corpo lânguido
mapeando a vida...
Felino
a deriva da alma,
brilho de velas que tremulam
no egoísmo da lauta ceia.
O canto nu próprio da paixão
um cio de poema em pêlos
em descarada provocação
uma constante meia verdade
meia sedução em aproximação.
Felino
impulsiva audácia e atenção
encena um coração
e atropela a emoção.
Carinho descarrilhado
provocando fascínio
com o vento que vem
em vida confusa
sem saber de nada
se desvenda aliado
com o límpido suspiro
como ar que respiro
onde permaneço vadio
em entrega ao sublime gato
tornando assim

refém da sua glória!

 
Flávia Angelini
Enviado por Flávia Angelini em 19/03/2012
Alterado em 22/02/2015
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras